Intro

Bem vindo ao blog Cuiqueiros, um espaço exclusivamente dedicado à cuica – instrumento musical tipicamente brasileiro – e aos seus instrumentistas, os cuiqueiros. Sua criação e manutenção são fruto da curiosidade pessoal do músico e pesquisador Paulinho Bicolor a respeito do universo “cuiquístico” em seus mais variados aspectos. A proposta é debater sobre temas de contexto histórico, técnico e musical, e também sobre as peculiaridades deste instrumento tão característico da música brasileira. Basicamente através de textos, vídeos e músicas, pretende-se contribuir para que a cuica seja cada vez mais conhecida e admirada em todo o mundo, revelando sua graça, magia, beleza e mistério. (To best view this blog use the Google Chrome browser)

quarta-feira, 29 de junho de 2011

O gambito



Vareta, bambu, cambito, pauzinho... são alguns nomes dados à famosa "haste de madeira presa no centro da membrana de couro, pela parte interna da cuica", mais conhecida também como gambito - pelo menos esse é o nome que a maioria dos cuiqueiros que eu conheço costumam usar. O gambito, assim como a pele, é um elemento importantíssimo da cuica e todo cuiqueiro deve conhecê-lo bem para obter um bom som do instrumento. Sem contar que para nossa imensa frustração, devido a sua fragilidade, volta e meia o gambito quebra e é aí que geralmente percebemos ou nos lembramos do quanto somos dependentes deste ítem.

Falando de uma maneira bem simples, o formato do gambito é o mesmo de um prego, ou seja, ele tem uma "cabeça" em uma das extremidades, que serve para auxiliar sua amarração na pele. O tamanho pode variar na medida de um palito de fósforo à de um palito de churrasquinho, tanto no comprimento, quanto na espessura.


O gambito é feito de bambu - parece que já tentaram usar outros materiais, mas não deu muito certo - e existem duas maneiras de fabricá-lo. Uma delas é pegar uma lasca de bambu e lixar até ela ficar na espessura desejada, esculpindo a cabeça em uma das pontas. Esse é o gambito inteiriço, um verdadeiro trabalho de entalhe na madeira. A outra, é colher um broto de bambu ainda em crescimento e cortá-lo no tamanho desejado, aproveitando o seu nó natural como cabeça.

Nessa foto, vemos três gambitos inteiriços em estágios diferentes de fabricação.


 

Nessa outra, estão dois brotos de bambu. O maior, ainda para ser preparado e o menor, pronto para ser utilizado.


Abaixo, vemos diferentes tipos de cabeças. Reparem as diferenças entre elas (da esquerda para direita): 1) forma triangular; 2) esculpida em diferentes níveis; 3) broto de bambu lixado; 4) forma circular fina; 5) forma circular grossa e estreita; 6) cabeça colada; 7) forma arredondada. No centro, há um broto de bambu com o nó ainda em estado natural.  


O importante na cabeça de um gambito é que ele tenha uma regularidade em sua circunferência em relação à haste, pois assim, irá garantir uma melhor fixação do nó que amarra o gambito na pele.

Uma dica: antes de tocar, é bom sempre passar uma lixa d'água ou um pedaço de bombril no gambito pra limpar e tirar qualquer imperfeição da madeira.  

Por experiência própria, confesso que não sei dizer a diferença na prática entre o gambito inteiriço e o broto de bambu. Já toquei com esses dois tipos de gambito e dou preferência ao inteiriço porque tenho a impressão de que é mais resistente do que o broto. Quem souber algo mais sobre a diferença entre um e outro ou mais informações à respeito deste assunto, por favor, deixe um comentário nessa postagem. É isso pessoal... até!

46 comentários:

  1. Grande Paulinho!!!
    Confesso que aida nao perdi uma matéria sequer desse blog.
    Esse texto sobre gambito ficou espetacular cara.
    Eu leio sempre as comunidades de Cuíca que o gambito de broto da um som melhor. Eu faço os meus proprios gambitos inteiriços usando uma pedra de esmeril e uma serra policorte que adaptei pra usar na furadeira, dai fica dificil lapidar um broto com meus limitados recursos.
    Se alguém tiver um gambito de broto ai e quizer trocar por um meu eu ficaria muito feliz, caso queira me vender um, aceito também.
    abraços e bons sons "cuícas players"
    Parabéns Paulinho o Blog esta Ótimo.

    ResponderExcluir
  2. Fala aí meu nobre!!!
    Faço com o broto de bambú ou lasca de bambú. Porém para o gambito ficar mais retinho, uso Duroepoxi na ponta e depois vou lixando para dar acabamento. A VARETA FICA CERTINHA EVITANDO MAIS A QUEBRA!
    Parabeeensa + 1 vez pelo belo trabalho.
    Abração.
    GUIMARÃES

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eu uso como cabeça do cambito miçangas redondas com furo, feitas de madeira ou castanha, do tipo usadas em colar, eu afino o bambu deixando uma ponta mais grossa para entrar prensado no furo da miçanga, passo superbonder e depois passo a miçanga do esmeril e na lixa ate dar o formado desejado, fica melhor que os comprados em loja.

      Excluir
  3. Pois é Danilo, já ouvi também esse lance de que o broto dá um som melhor do que o gambito inteiriço. Mas, melhor como? É um som mais alto, mais limpo, seria isso? O que já me falaram é que com o broto o agudo sai com mais facilidade. Será verdade?

    Guimarães, vc uso durepox pra fazer a cabeça do gambito? E não sai não com a força da puxada?

    Abraço rapaziada!

    ResponderExcluir
  4. Então Paulinho; si usar o DUROEPOX, com broto, não sai pq qdo for aplicar, deve trabalhar sempre deixando uma saliencia do broto, assim sendo, qubra a vareta mas não solta. Da mesma forma pode ser usado com uma vareta comum, desde que deixxe uma pequna saliencia para que trave a massa. ATENÇÃO o broto ou pedaço de vareta devem estar limpos e secos e a massa bem misturada e bem aplicada e só lixar depois de algumas horas oK.
    Abraço!
    GUIMARÃES.

    ResponderExcluir
  5. Ah, entendi! Vc já ouviu falar de cabeça feita de linha? Dessas linhas de costura comuns msm. Vai enrolando no bambu e colando com superbonder até formar a cabeça. Parece que funciona! Já vi também cabeça feita de acrílico, mas não sei como faz. Vou experimentar o durepox. Valeu Guimarães! Abç!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Paulinho,a diferença entre o broto e o maciço e que o broto da mais volume de som,médio, qto ao grave ele sai meio que metalico,e bom pra avenida que vc só usa medio e grave,qto ao maciço,o grave sai mais aveludado,e as notas saim mais limpas principalmente para solos...s cabeças do cambito eu só faço de linha,pois o som sai mais limpo,o durepox e o acrilico o som sai variado.abraço.

      Excluir
  6. esse blog sem duvidas é o melhor, valeu rapaziada aos poucos vou me especializando no assunto, abraço!

    ResponderExcluir
  7. Sim, já ouvi. Mas não experimentei
    Vlw!

    ResponderExcluir
  8. Guimarães manda umas fotos do seu gambito com cabeça de durepox pra eu ver, se postasse aqui no blog seria legal também,
    Paulinho consegue imagens desses gambitos com ponta de acrílico e de linha e posta essas variaçoes. Olha esses gambitos que encontrei no orkut da (familia agogo)
    http://images.orkut.com/orkut/photos/OwAAABuiIHZ63UNySAcz4VHUTFqcvoVp1RCvBkLyxHWHhkeBmIiiiTou-sBtIwR4jjpanFY4qcjQVOsrLCtPfW3Q9C0Am1T1UBtUKicapk1iqxA78I--2RTd7d4H.jpg
    se o link nao abrir procurem no album do perfil da familia agogo no orkut.
    abraços.

    ResponderExcluir
  9. Fala gente!
    Já experimentei o gambito com cabeça feita de linha e superbonder e achei bom> tentei fazer mas é difícil pacas. Quanto ao broto, tenho pego muito de galhos laterais do bambu e dá um som bem maneiro. a única questão é lixar e depois passar na chama de velaa. o bambu solta uma resina e dá um verniz natural no gambito! Fica aqui a dica: vai colocando na chama mais ou menos a uns 3 dedoa acima e rodando o gambito para envernizar uniforme.quanto aos gambitos fabricados, confesso náo sentir muita diferença não. mas acho o broto com o som mais limpo1
    valeu rapaziada!

    ResponderExcluir
  10. Paulinho e sempre um texto e aula explicativa, pratica e objetiva. Algo simples, que as vezes pra um iniciante se torna "complexo", mas no final, aprendizado a todos nós. Obrigado Paulinho. Esse Blog é nota "infinita". Abção. Luciano Cuica Play.

    ResponderExcluir
  11. Pô Luciano, num fala assim q eu até me emociono! hehe! Valeu meu chapa!

    Valeu tb Pierre!

    Grandes dicas heim Tuninho!!! Sábado tô lá no Salgueiro! Abraço mestre!

    ResponderExcluir
  12. Olá companheiro das alegrias da cuíca. Solicito que vc dê uma olhada no www.djalmadacuica.blogspot.com, aceito sujestões, critica e ajudas para eu seguir aqui na região dos lagos, passando informações para os nossos pares.
    Muito obrigado

    ResponderExcluir
  13. Bom Bia Paulinho ..........será que vc poderia passar seu Cel?
    Manda por depoimento vale.
    Abço
    Ass: Brito da cuíca

    ResponderExcluir
  14. Anota aí Brito!

    (21) 8141-6070
    (21) 7873-1222
    Rádio: 91*7562

    Abç!

    ResponderExcluir
  15. ola pessoal, álem do gambito o importante tambem e a amarração do mesmo ao couro, importante e que voçe por mais que estique o couro a amarração não abra e conseguentemente apareça a cabeça de gambito. Hoje estão se usando um plastico entre o couro e gambito para que não molhe o couro na hora de puxar sua cuica. e outra coisa importante tambem e o pano ou gorgurão de algodão o som fica mais alto e mais limpo.

    ResponderExcluir
  16. Olá Danilo Escarabel! Blz?
    Passei as fotos dos GAMBITOS com acabamento em DUROEPOXI, para o Paulinho Bicolor, ele postara no blog, valeu?
    Grande abraço!

    ResponderExcluir
  17. Pessoal,

    O Paulinho me salvou hoje, pois amanhã tem um sambinha da minha rapaziada e o meu gambito tinha quebrado, se não fosse ele, estaria sem.
    Paulinho muito obrigado, vamos marcar de tocarmos juntos, claro que ainda sou principiante e quero aprender com você e com os amigos que puderem me dar uma força, a minha cuíca é uma GOPE 8, tenho uma ARTCELSIOR em casa toda desmontada, na verdade só o aro, qualquer dia desses vou montar para ver como fica.

    Abraços,

    Junior - Estácio - RJ

    ResponderExcluir
  18. Olá pessoal, gostei mt do blog... parabens! tenho uma cuica e o gambito dela quebrou bem no meio... alguem tem uma ideia de como posso troca-lo? desde já agradeço

    ResponderExcluir
  19. resposta p/giovanni==>afroxar a cuica totalmente,retirar o arquilho(couro),com muito cuidado corte a amarração(linha) da(palheta=gambito),após cortar a amarração não puxe a palheta danificada ,pois o couro esta seco e rígido se voce puxa-lo poderá rasgar o couro.
    coloque um pedacinho de algodão embebecido(molhado)na água pura em cima onde antes
    era a amaração que voce retirou e espere que palheta velha(a quebrada)cairá sòzinha.
    agora coloque a palheta nova e amarre com linha de poliéster aplicando um "nó de porco"
    OBS:"nó de porco "usar p/ linha fina
    "nó de caminhoneiro" p/linha grossa.
    feito isso deixe secar na sombra naturalmente
    nunca secar couro no sol ou qualquer fonte de calor,(cuica sêca no calor fica c/ som de lata velha).espero ter ajudado.ASS:sena da cuica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O Sena tá certo com relação à secagem do couro.JAMAIS SEQUE O COURO AO SOL OU OUTRA FONTE DE CALOR. Já caí nessa besteira, e no meio de um show em que eu tinha um solo de cuíca o couro rompeu logo no início da execução, e eu fiquei com cara de mamão. Secagem do couro só na sombra, e de preferência com uma brisa passando. Aí seca naturalmente. Depois de montado passe uma vez um algodão umedecido com dendê e deixe secar novamente à sombra. Depois pode completar a montagem. O dendê amacia o couro e dá mais durabilidade porque combate o sal do suor dos dedos que estarão em contato com o couro na hora da execução.

      Excluir
  20. Não sei colocar o gambito da minha cuica. O que faço?

    ResponderExcluir
  21. Dica de como evitar que o barbante corte a pela da
    Dica de como evitar que o barbante corte a pela da cuíca com tempo.
    Uma das formas evitarem que com o tempo o barbante que amarra o cambito corte o couro, eu tenho habito de antes de amarar o cambito coloco outro pedaço de ouro redondo em cima da pela que vai ser amarrada, sendo assim é ela que vai ficar primeiramente em contato com o barbante assim primeiro se tiver que romper, primeiro terá que cortar (romper) essa primeira pele evitando o rompimento da segunda que é a pele de verdade, simplificando é um pedaço de pele pequeno redondo pouco maior que uma moeda de 1 real feita com um pedaço de pele de cuíca também, colocado em cima da pela nova é ela recebera primeiro toda força e pressão do barbante.

    ResponderExcluir
  22. Existem varias espécies de bambu que servem prá fazer cambito da cuíca, o mais resistente é o bambu de vara de pescar, só que é difícil encontrar um que de certo prá fazer cambito, quando escolher escolha os de gomos logos que chegue tamanho do cambito de seu agrado, este bambu certamente é mais resistente.

    ResponderExcluir
  23. Olá rapaziada da cuíca!!! Prazer falar com vcs...

    Gostaria de saber sobre a questão da grossura do gambito?
    É legal lixá-lo e deixar mais fininho ou isso tudo é lenda e podemos deixá-lo como vem na peles mesmo?

    Obrigado... abraços!

    Sílvio Pereira

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala aí Silvio! Não é lenda não meu amigo. Na realidade o gambito é um elemento da cuíca q cada cuiqueiro prepara à sua própria maneira. Pelo q sempre escutei dos cuiqueiros mais experiente q conheço, o ideal é q vc faça seus próprios gambitos, ou seja, pegar o bambu, lixar, fazer a cabeça, deixar na espessura q vc gosta, tamanho... mas chegar nesse ponto é uma coisa q demanda muito tempo e dedicação. Então, qnd vc comprar uma pele q já vem com o gambito "pronto", sempre dá pra melhorá-lo. O q eu te sugiro é q vc pegue uma lixa de madeira bem fininha pra reduzir a espessura, caso o gambito esteja muito grosso. Depois uma lixa d'água ou com bombril, passa no gambito pra deixar bem lisinho. Daí é só mandar brasa! É isso amigo, mas o importante mesmo é tentar encontrar uma medida de gambito (tamanho e espessura) q te agrade mais, e saber deixar o gambito nessa medida. Boa sorte aí!! Abraço!

      Excluir
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
  24. Olá Paulinho, parabéns pelo blog!

    Insistindo no assunto do Sílvio...: comprei uma cuica da Contemporânea de 8"... aquele modelão conhecido... já vem com a pele e o gambito, e o gambito vem quase do tamanho (o comprimento) da própria cuica. Se eu quiser lixá-lo e cortá-lo será que posso fazer isso com "tudo montado" mesmo? Quer dizer, posso lixar o gambito e cortá-lo do jeito que ele vem, com a pele presa na cuica? Como posso cortá-lo assim? Com um estilete será que dá?
    Um abraço, e obrigado!
    Rodrigo K. - Rio de Janeiro

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pode, só que fica um pouco mais difícil, pois se usar um estilete para aparar o comprimento do gambito corre-se o risco de escapar da mão e cortar o couro, e aí é só um abraço. Para lixar sugiro só o Bombril. Mas por quê? Como é mais macio que a lixa d'água, você pode controlar melhor até o ponto em que se quiser preparar o gambito. Geralmente prefiro desmontar e trabalhar o gambito dessa forma, pois é mais seguro e como você vai trabalhar sem receio de estragar o couro o resultado fica melhor.

      Excluir
    2. Em tempo: para cortar o gambito montado, pode usar um alicate de corte, tamanho médio, que se usa para cortar fios elétricos. Dá certinho, e não escapa da mão. O gambito não pode ser nem muito longo, senão corre o risco de quebrar durante a execução porque verga muito, nem muito curto senão você não terá nem área suficiente para tirar o som.

      Excluir
  25. como faço pra prender o cambito na pele?
    O cambito se soltou e não estou conseguindo colocar de volta, vou ter que desmontar o instrumento.
    grande abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não sei se já te responderam, mas recolocar o gambito com o couro montado é difícil prá dedéu. O ideal é desmontar o couro da cuíca. Em seguida pegue uma toalha de rosto, dessas felpudas, molhe bem, torça para tirar o excesso da água, e coloque em cima do couro para que ele fique ÚMIDO, mas NÃO ENSOPADO, senão na primeira manipulação rompe na hora. Estando úmido fica mais flexível e mais fácil de manipular. Aí coloca-se o gambito no couro, empurra-se com cuidado para não botar muita força senão rompe o couro, e prende-se a cabeça do gambito com os dentes, também sem morder com muita força senão adeus couro, só o suficiente para dar pega. Aí, enquanto segura o gambito com os dentes, passe o barbante com pelo menos duas voltas e finalize com o nó de porco. Depois de dado o nó bem apertado, mas SEM FORÇA EXCESSIVA senão o barbante pode cortar o couro, aí é só colocar na sombra para secar, depois de bem seco passe uma vez um algodão umedecido no dendê, coloque novamente para secar na sombra, e depois é só montar. O dendê dá mais durabilidade ao couro.

      Excluir
  26. Fabricio, você diz, pele de Nylon oi pele animal, se for pele animal, como você ainda não tem experiencia e melhor desmontar se for nylon dá pra colar se desmontar

    ResponderExcluir
  27. Meu gambito saio do lugar, tem como eu coloca de volta ?

    ResponderExcluir
  28. Jefferson, no dia 17 de março postei no blog umas dicas a respeito desse assunto. Creio que ainda devem estar lá. Se retiraram por favor mande-me um e-mail que terei prazer em me comunicar com você. Um grande abraço!!

    ResponderExcluir
  29. eu comprei uma pele pra minha cuica (izzo) o que quando cheguei em casa percebi que o gambito tinha saido.
    tem como colocar de volta?
    como eu faço?

    ResponderExcluir
  30. Quando preparo o GAMBITO, costumo












    Quando preparo o GAMBITO, costumo lapinar com caco de vidro depois a lixa e finalmente o Bombril. Corto bem no nó do bambu, faço a cabeça do gambito deixo na espessura desejável e pronto. É só cair no samba, axé meu irmão.


    '

    ResponderExcluir
  31. Já ouvi falar sobre passar BREU no gambito da cuíca para obter um atrito melhor sobre o pano,isso é verdade? é recomendado?

    ResponderExcluir
  32. Olá ... tem um limite para se deixar o gambito?? os últimos dois que montei acho que passei da medida apesar do agudo ficar bem bom , masss tenho problemas com a volta na execução ela acaba dando ele ronco grave, mexi na afinação apertando mais um pouco e não mudou muito.Essa experiência meio que negativa só rolou depois que resolvi deixar o gambito bem fino mesmo...

    ResponderExcluir
  33. Só uma sugestão para o Silvio e para o Rodrigo K, quando for lixar ou passar o Bombril no gambito, coloque o dedo no umbigo da pele. Assim, evita aquele vai e vem da pele, Valeu, parceiro ? boa sorte.

    ResponderExcluir
  34. amigo,minha cuica tem pele de fabrica(izzo)aquelas peles que vem presas no aro de alumínio,tem como colocar o gambito nelas?ja tentei molhando a pele,mais o couro não estica o suficiente para amarrar,tem outra maneira de colocar ou só outra pele nova mesmo?abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cara vc tem que deixar a pele submersa na agua tipo umas três horas, ai sim ela vai esticar o suficiente pra vc amarrar o gambito novamente!

      Excluir
  35. Sobre esse tema do gambito sair. Alguém já ouviu falar em colar o gambito na pele de alguma forma pra se evitar esse problema??? ou isso está fora de questão?.

    ResponderExcluir
  36. Alguem poderia fazer um video de como colocar o GAMBITO na cuica, estou começando a estudar este instrumento mas ainda nao aprendi a fazer isto.. des de ja agradeço muito bom o blog. abraços !!

    ResponderExcluir
  37. ola colegas sou novo na cuíca mas como tenho muita facilidade em tocar instrumentos de percussão peguei logo o jeito o problema é que quando vou tirar o agudo as vezes não sai som ou sai depois tipo puxo e sai seco no começo e depois ja antes da metade do gambito por final sai, tentei afinação entre outras coisas e nada estou achando que é o gambito meu medo é que eu corte a linha tire a pele e depois não saiba montar eu tenho que fazer algo no gambito? tipo dar mais uma lixada? ou o tecido eu uso o que é o unico acessivel que ganhei do vendedor que aquele tecido de cozinha amarelo eu molho ele e toco o grave poxa sai ótimo meu pró é o agudo o que tenho que fazer algum cuiqueiro pode ajudar?

    ResponderExcluir