Intro

Bem vindo ao blog Cuiqueiros, um espaço exclusivamente dedicado à cuica – instrumento musical pertencente à família dos tambores de fricção – e aos seus instrumentistas, os cuiqueiros. Sua criação e manutenção são fruto da curiosidade pessoal do músico e pesquisador Paulinho Bicolor a respeito do universo “cuiquístico” em seus mais variados aspectos. A proposta é debater sobre temas de contexto histórico, técnico e musical, e também sobre as peculiaridades deste instrumento tão característico da música brasileira e do samba, em especial. Basicamente através de textos, vídeos e músicas, pretende-se contribuir para que a cuica seja cada vez mais conhecida e admirada em todo o mundo, revelando sua graça, magia, beleza e mistério.

(To best view this blog use the Google Chrome browser)

segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

Música 10 - O Ronco da Cuica

João Bosco dá uma verdadeira aula de composição neste vídeo, demonstrando que simplicidade e complexidade nem sempre estão de lados opostos. Mas no caso desta canção, não apenas o aspecto musical se enquadra neste raciocínio. Aldir Blanc, autor da letra, soube trabalhar também com muita simplicidade e de forma extremamente poética e  metafórica a relação entre o ronco de uma cuica e o ronco de um estômago vazio, faminto, sem ter o que comer. Música simples e sofisticada, poesia singela e profunda. Obrigado Aldir, obrigado João!


O Ronco da Cuica
(João Bosco e Aldir Blanc)

Roncou, roncou
Roncou de raiva a cuica
Roncou de fome
Alguém mandou
Mandou parar a cuica, é coisa dos home
A raiva dá pra parar, pra interromper
A fome não dá pra interromper

A raiva e a fome é coisa dos home

A fome tem que ter raiva pra interromper

A raiva é a fome de interromper
A fome e a raiva é coisa dos home
É coisa dos home
É coisa dos home
É coisa dos home
A raiva e a fome
Mexendo a cuica
Vai ter que roncar


Gravada originalmente no disco João Bosco - Galos de Briga, em 1976, coube ao nosso querido Zeca da Cuica o registro da chorona, por sinal, extraordinariamente bem gravada. A cuica do Zeca só entra no minuto 02:40 da música, ou melhor, as cuicas, porque ele gravou em duas regiões sobrepostas, de notas graves e agudas. Grande Zeca da Cuica, obrigado a você também mestre!  
.

Um comentário:

  1. Viva a cuica, tenho uma de 10" polegadas e o blog esta de parabens.

    ResponderExcluir