Intro

Bem vindo ao blog Cuiqueiros, um espaço exclusivamente dedicado à cuica – instrumento musical pertencente à família dos tambores de fricção – e aos seus instrumentistas, os cuiqueiros. Sua criação e manutenção são fruto da curiosidade pessoal do músico e pesquisador Paulinho Bicolor a respeito do universo “cuiquístico” em seus mais variados aspectos. A proposta é debater sobre temas de contexto histórico, técnico e musical, e também sobre as peculiaridades deste instrumento tão característico da música brasileira e do samba, em especial. Basicamente através de textos, vídeos e músicas, pretende-se contribuir para que a cuica seja cada vez mais conhecida e admirada em todo o mundo, revelando sua graça, magia, beleza e mistério.

(To best view this blog use the Google Chrome browser)

terça-feira, 31 de maio de 2011

Villa Candeia


Essa foto aqui em cima eu tirei devido a uma grande coincidência. Nela a gente vê um quadro com a imagem da capa de um dos LP´s do Candeia, que na minha modesta opinião, é simplesmente um dos maiores sambistas que esse mundo já viu. Sua importância para o samba é incauculável, tanto por suas composições, quanto por seu papel de liderança, defendendo as raízes negras da cultura brasileira. E pendurada no quadro está a caricatura do Villa Lobos, indiscutivelmente o maior compositor brasileiro de música erudita.

Bom, agora explico o porquê da coincidência: já fazem alguns dias que eu estava pensando em escrever essa postagem, até me deparar com a cena dessa foto e me sentir praticamente que obrigado a escrevê-la o quanto antes. Vejam só vocês... aqui no Rio de Janeiro, na Lapa, tem um bar chamado Semente, pequenininho, mas de uma importância sem tamanho para o atual cenário musical do Rio de Janeiro. A programação musical de lá é absolutamente fantástica! Gosto muito de ir nesse bar e é em uma de suas paredes que se encontra este quadro do Candeia com a caricatura do Villa.

Mas essa história toda foi só o que me estimulou a escrever logo essa postagem, porque a razão primeira é dividir com vocês duas fotos, uma do Candeia e outra do Villa Lobos, que mostram eles tocando cuica. O detalhe, é que nenhum dos dois era cuiqueiro. O Candeia, como sua própria filha Selma me revelou, mal tocava violão. Cuica mesmo, ela nunca viu o pai tocar. Já o Villa Lobos, pelo que me consta, tocava violoncelo e violão. Cuica também não era a praia dele. Mas vejam só que fotos legais!

Capa do LP "A Vez do Morro"
Essa é a foto na capa do disco A vez do Morro, do grupo Mensageiros do Samba da Portela. Da esquerda para a direita estão: Arlindo, no cavaquinho (pai do famoso Arlindo Cruz); Casquinha, no chocalho; Candeia, na cuica; Picolino, no tamborim; e Jorge do Violão, no próprio violão. Então, na realidade, o Candeia está apenas fazendo pose com a cuica para a foto, porque quem gravou mesmo a cuica nesse disco foi o Casemiro, eterno integrante da Velha Guarda da Portela, falecido a dois anos. 

Já a foto do Villa Lobos, me foi enviada por um grande cuiqueiro do Salgueiro, a quem devo minha iniciação no mundo cuiquístico, meu grande amigo e professor, Tuninho. Não sei onde ele encontrou essa foto maravilhosa do Villa brincando com uma cuica, que de fato, mais parece um brinquedo do que uma cuica de verdade. Trata-se de um registro histórico, que demonstra o que nunca foi escondido na personalidade desse gênio, sobre o seu desejo de aproximar a cultura erudita e a popular.

Heitor Villa Lobos
________________________________________

Aproveitando o ensejo, já que estamos falando de "cuiqueiros" inusitados, fui informado pelo amigo Barão do Pandeiro, que o cuiqueiro que aparece na cena do filme Alô, Alô Carnaval, da postagem Vídeo 7 - Molha o Panoé o Alcebíades Barcellos, mais conhecido como Bide, autor de grandes sambas ao lado de seu fiel parceiro Armando Marçal - este, pai do nosso venerado cuiqueiro Mestre MarçalAssim como Candeia e Villa Lobos, nunca soube que o Bide também "tocava" cuica, sempre o conheci apenas como autor de belos sambas. Completando a bem-vinda informação do amigo Barão, também aparecem naquelas imagens: Benedito Lacerda, na flauta; Canhoto, no cavaquinho; Ney Orestes e Carlos Lentine nos violões; e Russo do Pandeiro, no pandeiro. Maravilha! 

2 comentários:

  1. Esta foto do Villa Lobos tocando cuíca está sensacional mesmo !
    O Barão já tinha me falado sobre o Bide naquela cena do "Alô alô Carnaval"; eu estava para te repassar esta informação. Ele é um grande "ás" na identificação dos personagens em fotografias antigas.
    Seu blogue está muito, você disponibiliza informações bem bacanas.
    Um grande abraço,
    Sandor

    ResponderExcluir
  2. Show!!! Parabens pelo belo trabalho que vvc vem mostrando.
    Sucesso contínuo.
    Grande abraço,
    GUIMARÃES

    ResponderExcluir