Intro

Bem vindo ao blog Cuiqueiros, um espaço exclusivamente dedicado à cuica – instrumento musical pertencente à família dos tambores de fricção – e aos seus instrumentistas, os cuiqueiros. Sua criação e manutenção são fruto da curiosidade pessoal do músico e pesquisador Paulinho Bicolor a respeito do universo “cuiquístico” em seus mais variados aspectos. A proposta é debater sobre temas de contexto histórico, técnico e musical, e também sobre as peculiaridades deste instrumento tão característico da música brasileira e do samba, em especial. Basicamente através de textos, vídeos e músicas, pretende-se contribuir para que a cuica seja cada vez mais conhecida e admirada em todo o mundo, revelando sua graça, magia, beleza e mistério.

(To best view this blog use the Google Chrome browser)

sábado, 24 de setembro de 2011

Um ano de Blog

Há alguns dias este singelo informativo cuiquístico completou um ano de existência. Confesso que não imagina a proporção que este blog ganharia no decorrer desse tempo, mas  estarei mentindo se disser que  o criei sem nenhuma pretensão. A verdade é que sempre existiu um objetivo pré-definido, motivado por uma situação que vivenciei, mas que ainda não relatei aqui. Tudo começou no dia em que fui transferir minha carteira da OMB - Ordem dos Músicos do Brasil - do Conselho Regional do Distrito Federal para o do Rio de Janeiro. Quando tirei minha carteira em Brasília, eu ainda não tocava cuica, só cavaquinho. Foi no Rio de Janeiro, para onde me mudei em 2001, que comecei a tocar cuica, e então, quando pedi a transferência da documentação na OMB, quis incluir a cuica na relação de instrumentos que toco. Tudo ia muito bem até eu ser informado que seria cadastrado como percussionista e não como cuiqueiro. Acontece que na minha opinião cuica não é instrumento de percussão, logo, cuiqueiro não pode ser considerado percussionista. Levantei essa questão entre os funcionários da OMB e devido a ignorância de algumas pessoas da casa, os nervos se exaltaram, eu continuei insistindo para ser cadastrado como cuiqueiro, e a discussão terminou quando eu escutei a seguinte frase de uma alta funcionária da casa: "meu filho, se eu colocar cuiqueiro na sua carteira, é igual te dar atestado de burro". Depois disso, eu me calei e para não piorar as coisas, fui embora indignado. Hoje, quando me lembro desse episódio, tenho vontade de voltar lá e agradecer à distinta senhora que me disse essa bendita frase, pois foi o que motivou a começar minha pesquisa sobre cuica, criar esse blog para dividir com o mundo as coisas tenho encontrado e, quem sabe, evitar que alguém passe a mesma humilhação que eu passei. Infelizmente, a cuica ainda é um instrumento marginalizado e os cuiqueiros não são tratados com a dignidade que merecem.

Para descontrair esse clima tenso, pesquisando na rede algo que pudesse colocar aqui nessa postagem de comemoração, encontrei um bolo no formato de cuica. Mais apropriado impossível! 

Fonte: http://doceconquista.blogspot.com/2011/03/bolo-cuica.html

Até este momento foram feitas 18.589 visitas ao blog, divididas entre mais de trinta países, que estão representados aqui em baixo pelos dez visitantes principais. Mas além destes, constam também: Angola,  Bélgica, Suécia, Bolívia, Itália, México, Moldávia, Irlanda, Ucrânia, Hungria, Colômbia, Noruega, Uruguai, Letônia, Venezuela, Dinamarca, Russia, Canadá, Espanha, Áustria, Grécia, e por aí vai! 


Gostaria de agradecer na língua de cada uma dessas nações, mas como diria o saudoso João Nogueira: "eu não falo gringo, eu só falo brasileiro". Então, muito obrigado! É uma satisfação enorme ver que a cuica é um instrumento admirado em tantas partes do mundo. Inclusive, quero dar uma dica aos amigos estrangeiros: parece que o Google Translator -  instalado na página inicial do blog - funciona apenas com navegador da Google [Google Chrome]. Sei que a tradução desse aplicativo não é perfeita, mas deve ajudar na compreensão dos textos. As dúvidas que ficarem, por favor, não exitem em perguntar.

Segue uma listagem de todas as 51 postagens feitas até agora, divididas nos assuntos em que elas mais ou menos se relacionam:   






Bom meus amigos, é isso. Espero que continuem sempre acompanhando o blog, contribuindo com dicas,  comentários e divulgando para os amigos. Meu esforço para encontrar e divulgar informações interessantes sobre cuica não vai parar. Não tem sido fácil, mas as dificuldades são superadas pelo prazer de conhecer tantas pessoas e aprender tanto com elas sobre cuica, mas acima de tudo, sobre a vida.

Obrigado!

5 comentários:

  1. Parabéns paulinho!!!
    acesso o blog todo dia para ver se tem algo novo comentários novos nas postagens. o blog apareceu na minha vida bem na época que iniciei na cuíca. me ajudou e muito!
    abraço e salve a cuíca!

    ResponderExcluir
  2. Paulinho, cheguei aqui na semana passada quando comprei minha 1ª Cuíca. Uma gope de 8 na qual coloquei um coro da redenção. Sou iniciante na parada, mas pode ter certeza, a determinação é levar a cuíca no peito até os últimos dias em que eu perâmbular neste planeta. Nesta uma semana já li todos os post do blog, e já degustei dezenas de vídeos no youtub. Achei massa demais sua peregrinação em prol do instrumento. O vídeo com o Carlinhos da Cuíca eu ri demais, muito bom. E a homenagem que ele te faz no fim do vídeo é histórico , hein meu cumpadi, comparando o timbre grave da sua Cuíca com Ovídeo Brito. Achei até que ele exagero, massss, quem se ele falou tá falado. Aquele é Carlinhos da Cuíca. Parabéns meu cumpadi, esse blog de sua iniciativa é divinamente soberbo. Essa é minha primeira contribuição aqui, agora me ature. Saudações Cuíqueiras...

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Só pra identificar o comentarista acima, aqui é Marcelo Buraco de Santo André - SP. Hoje 20 de novembro 316 anos da imortalidade de Zumbi dos Palmares. Salve...

    ResponderExcluir
  5. Valeu Marcelo, seja muito bem vindo meu camarada! Qnt ao vídeo com o Carlinhos, concordo com vc, ele exagerou no elogio, heheh! Mas de qq forma, foi um privilégio mto gnd ser elogiado por ele. Carlinhos é mestre!

    Forte abraço irmão!

    ResponderExcluir